Rituais

Gosto dessa palavra e do que ela me causa. Alguns rituais são imprescindíveis em alguns momentos. O ano chegou ao fim e como no ano passado, se abateu um branco vazio sobre mim (muito embora alguns afirmem que o branco é a presença de todas as cores - nunca entendi essa mentira, achei q fosse o preto).

2008, ano maravilhoso:

1. Passei no doutorado em Sociologia e em segundo lugar

2. Tive inúmeras respostas de Deus na minha vida pacata e corrida

3. Comecei o ano aprendendo a ser sozinha, não foi fácil

4. Aprendi a fazer feira sozinha, sem roteiros, sem babás, sem personais qualquer coisa

5. Adoeci (e encerro o ano doente) e me vejo curada no ano que virá;

6. Conheci pessoas ímpares no blog do AO, sob a batuta da incrível Loba (Euza Noronha)

7. Descobri que alguns superherois que eu achava que eram o máximo não passavam de pessoas normais, covardes e duvidosas

8. Descobri-me conselheira

9. Descobri-me voluntária

10. Descobri que ainda sei chorar, cair, e levantar

11. Publicamos nossa coletânea (novamente a Loba e a Cherry na frente)

12. Me apaixonei e desapaixonei num piscar de olhos.

13. Descobri que a maioria dos homens lindos, perfeitos e sarados (e SOLTEIROS) são gays.

14. Descobri que preciso descansar e aprendi a ouvir o meu corpo reclamar

15. Descobri que amo as pessoas e não preciso que elas me amem de volta.

16. Descobri que quero emagrecer e ter a boca da Jolie.

17. Descobri que quero ser homem para namorar uns gays lindos e apaixonantes;

18; Descobri que amo a Deus acima de todas as coisas, e resolvi serví-lo da forma como ele me chamou.

19. Descobri que sou fã da AMY, mas detesto a sua aparência anoréxica e drogada.

20. Percebi que sou importante demais para ceder à depressão.

21. Descobri, finalmente que sou uma pessoa internacional, globalizada, mas que ainda morro de medo de dormir no escuro.

22. Tive a certeza que sou linda, anoréxica, gostosa e beijo bem ao espelho, sozinha

23. Descobri sem querer, que o moço que não era gay, ia casar com outra e ele nem sonhava em me contar pessoalmente

24. Descobri que mentira tem pernas curtas e que sou uma sortuda em descobrí-la, SEMPRE.

25. Descobri que posso viver sem a coca cola e essa foi uma das melhores descobertas desse ano de 2008.

26. Descobri que é verdade o ditado: antes só do que mal acompanhado, por isso pretendo dançar comigo mesma em meus sonhos na passagem do ano novo.

27. Tive a incrível sensação de chegar atrasada na minha própria vida em eventos decisivos e íntimos de my life.

28. Descobri que amo, e isso não especifica exatamente um lugar, uma pessoa, um gênero ou qualquer outra classificação humana e vazia.

29. Descobri que alguns príncipes não passavam de sapões que se transformaram após o meu beijo.

30. Tenho sempre a certeza absoluta que posso viver sem chocolate e coca cola, mas que Deus não me tire os poucos e valiosos amigos que Ele me deu ao longo da vida. Eu morreria.

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]